quarta-feira, 30 de novembro de 2016

SERGIPE NEWS

http://sergipenews.com/site/



EDSON PAIM NOTICIAS


http://edsonpaim.com.br/





SITE DA TV PORTAL DO PANTANAL, NO AR! (MEIO AMBIENTE NOTÍCIAS)

CLIQUE:

http://tvportaldopantanal.com.br/




Minha foto 


      
Clique no Link abaixo e acesse 

um ou mais dos 599 Blogs da 

Parceria: Fundação Portal do

Pantanal / Painel do Paim/FM 

América 100.9 Mhz

https://www.blogger.com/profile/048861602895692797

65


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Ministério reconhece emergência por seca em Carira e Graccho Cardoso


Reconhecimento do decreto foi publicado no DOU desta segunda-feira (19).
Com estes, Sergipe já soma 12 municípios em emergência devido à estiagem.

Marina FonteneleDo G1 SE
Municípios decretam situação de emergência por causa da seca (Foto: Reprodução/TV Sergipe)Municípios decretam situação de emergência por causa da seca (Foto: Reprodução/TV Sergipe)
O Ministério da Integração Nacional publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (19) o decreto de situação de emergência por causa da seca em Carira e Graccho Cardoso. Com estes, já são 12 municípios sergipanos com a situação reconhecida e homologada pelo Governo Federal, são eles: Campo do Brito, Canindé de São Francisco, Capela, Gararu, Nossa Senhora da Glória, Pinhão, Poço Redondo, Poço Verde, São Domingos e Telha.
A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, reconheceu a situação de emergência devido ao período de poucas chuvas que resultaram em prejuízos a lavoura e a pecuária.
O coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Erivaldo Mendes, revela que mais dez município de Sergipe estão no processo de decretação de emergência pelo mesmo motivo. Além desses, Itabi, Macambira, Frei Paulo e Nossa Senhora Aparecida já publicaram o decreto municipal e estão em fase de reconhecimento estadual e federal da situação.
“Pela experiência que nós temos, os dez municípios que ainda estão juntando a documentação se enquadram nessa mesma situação de emergência conforme a Instrução Normativa nº 01. Se concluídos esses decretos, de 75 municípios sergipanos, 26 deverão decretar emergência devido à estiagem”, afirmou coronel Mendes.
Erivaldo Mendes destaca que os reservatórios ainda possuem água, mas que a seca afeta a situação econômica dos produtores e das próprias cidades. “O decreto permite uma série de ações assistenciais para as famílias de produtores, inclusive a renegociação de dívidas e empréstimos. Já nos locais com dificuldade no abastecimento, há uma operação com carros-pipa, perfuração de poços artesianos e limpeza de aguadas e barragens para armazenarem água quando chover”, finalizou.

Postado por Carlos PAIM

quarta-feira, 11 de maio de 2016


Refeições voltam a ser fornecidas no restaurante da UFS após incêndio

Fornecimento de alimentos ficou suspenso na terça-feira (10).
Ninguém se feriu no incêndio registrado na cozinha do Resun.

Nesta quarta-feira (11), cerca de três mil refeições por dia voltam a ser fornecidas no almoço e jantar no restaurante Universitário (Resun) do campus São Cristóvão, sede da Universidade Federal de Sergipe (UFS).
O retorno acontece após um dia de interdição do local para realização de perícia técnica para apurar o que provocou o incêndio na cozinha na manhã de terça-feira (10). Apenas um funcionário estava no local no momento, ele viu as chamas ainda no início e acionou o Corpo de Bombeiros. Ninguém ficou ferido.
Entenda o Caso
De acordo com a assessoria de imprensa da reitoria da UFS, o fogo começou na cozinha onde, apesar da estrutura, não há preparo de alimentos. “As refeições são feitas por uma empresa contratada que já entrega tudo pronto aqui para o almoço e o jantar”, explicou. Não haviam alunos no restaurante no momento do incêndio, porque o local só abre no fim da manhã.

Apesar de os alimentos serem feitos fora do Resun, o almoço e jantar não foram fornecidos ontem porque o local foi isolado para perícia técnica.
g1globo
Postado por: Ygor I. Mendes

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Feira da agricultura familiar acontece nesta sexta

A comunidade que reside no entorno do Complexo Administrativo e Pedagógico da Secretaria de Estado da Educação tem um motivo para acordar mais cedo, nesta sexta-feira (06). No estacionamento da sede da Seed acontece mais uma edição da Feira da Agricultura Familiar, das 6h às 12h.
A feira ocorre na primeira semana de cada mês e é uma oportunidade da comunidade e dos servidores da Seed adquirirem granjeiros, frutas e verduras sem agrotóxicos e comercializado diretamente do produtor.
Desde 2013, a Feira da Agricultura Familiar é realizada no estacionamento da Seed, através de uma parceria com a Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social, é aberta ao público.
A comercialização se configura como mais um ponto de escoamento e incentivo da produção familiar do interior de Sergipe na capital, além de ser uma oportunidade de adquirir produtos com mais qualidade. O Complexo Administrativo e Pedagógico está situado à rua Gutemberg Chagas, nº 169, Distrito Industrial de Aracaju, nas proximidades da avenida Adélia Franco.
A8SE
Postado por: Ygor I. Mendes

domingo, 18 de outubro de 2015

Água Doce entrega primeiro sistema em SE

Paulo de Araújo/MMA
PAD: abastecimento garantido
Até o final do ano, o Estado pretende inaugurar 25 dessalinizadores, que ofertarão água potável a 15 mil pessoas castigadas pela seca.




Por Rafaela Ribeiro – Editor: Marco Moreira
O Programa Água Doce (PAD) entrega, na tarde desta quinta-feira (15/10), o primeiro sistema de dessalinização do Estado de Sergipe. A comunidade beneficiada é o assentamento quilombola Serra da Guia, no município de Poço Redondo.
O dessalinizador atenderá a 600 pessoas que vivem no assentamento, além de abastecer o posto médico e a escola da comunidade. “Isso tudo é resultado de uma parceria muito importante entre o governo federal, estadual, municipal e sociedade civil”, ressaltou o coordenador nacional do PAD, Renato Ferreira.
BENEFICIADOS
Ao todo, serão atendidas 30 comunidades, em nove municípios sergipanos, com investimento de mais de R$ 6 milhões, beneficiando 15 mil pessoas que passarão a ter acesso à água própria para consumo.
“Já temos 25 obras em curso e pretendemos entregar esses 25 sistemas, em sete municípios de Sergipe, até dezembro”, destacou o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado, Olivier das Chagas. “É impressionante ver a satisfação das pessoas com a chegada dessa água pura. É muito gratificante fazer parte disso”.
O município de Poço Redondo está situado no polígono das secas, no sertão sergipano, com uma população de 30.880 habitantes. Por possuir o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado (0,529), é considerado pelo Plano Estadual do Programa Água Doce como prioritário para atendimento pelo PAD.
ÁREAS RURAIS
Atualmente, o sistema de abastecimento de água de Poço Redondo atende a apenas 40% dos domicílios, devido ao grande predomínio da população vivendo em áreas rurais.  A vazão dos poços na região é pequena e, na maioria das vezes, apresenta água salinizada.
O presidente da Associação Comunitária de Serra da Guia, José Sandro Santos, está muito feliz com a chegada desse novo recurso. E relatou o grande sofrimento da população com a falta d’água: “O abastecimento por carro-pipa é muito precário. Se acontece qualquer coisa e o carro não vem, ficamos sem água nenhuma”.
PRÓXIMAS COMUNIDADES
Até dezembro de 2015, outras 25 comunidades terão água de boa qualidade ofertada de forma permanente às suas populações. No município de Poço Redondo, além de Serra da Guia, a comunidade de Areias receberá seu sistema de dessalinização.
Em Canindé do São Francisco, quatro comunidades serão contempladas: Assentamento 12 de março, Acampamento Caiçara, Jaburu e Assentamento Mandacaru I. No município de Porto da Folha serão instalados três sistemas nas comunidades de Craibeiro, Pedro Leão e Umburaninha. Lagoa do Rosado, comunidade rural do município de Monte Alegre também será contemplada.
Em Nossa Senhora da Glória serão quatro comunidades: Periquito, Assentamento Fortaleza, Aningas e Retiro II. O município de Poço Verde receberá sete sistemas de dessalinização: Cova da Índia, Saco do Camisa, Ponta da Serra, Cacimba Nova, Recanto, Povoado Lages e Cachorro Morto. E em Carira serão quatro: Três Tanques, Macacos, Bezerra e Lagoa dos Porcos.
SAIBA MAIS
O PAD é uma ação do governo federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com diversas instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, que estabelece uma política permanente de acesso a água de boa qualidade para o consumo humano.
Lançado em 2004, passou a integrar o Plano Brasil sem Miséria há dois anos e consiste na implantação e recuperação de aparelhos de dessalinização em áreas rurais de baixa renda do Semiárido, por meio do aproveitamento sustentável de águas subterrâneas, incorporando cuidados ambientais e sociais. Abrange os nove estados do Nordeste e Minas Gerais e já beneficiou mais de 100 mil pessoas.

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA) – (61) 2028.1165

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Água Doce realiza capacitação em Sergipe

Água Doce: matando a sede do nordestino
Empresa que realizará as obras de instalação dos sistemas de dessalinização será orientada esta semana em Aracaju


Por: Rafaela Ribeiro – Editor: Marco Moreira

Técnicos do Programa Água Doce (PAD) do Ministério do Meio (MMA) realizam, em parceria com o governo de Sergipe, de quinta a sexta-feira (06 e 07/08), em Aracaju, oficina de capacitação na metodologia do programa para garantir que a empresa licitada implante as obras no Estado atendendo aos requisitos do governo federal.
O convênio de R$ 6,6 milhões prevê a implantação de 30 sistemas de dessalinização em nove municípios. Doze mil pessoas do Semiárido sergipano serão beneficiadas com água potável. Na primeira etapa do programa, a região teve 75 comunidades rurais diagnosticadas. As informações levantadas são detalhadas e vão ajudar na implantação ou acompanhamento de diversas políticas públicas.
IMPORTÂNCIA
“As capacitações nas três fases do programa (diagnóstico, obras e manutenção e monitoramento) são extremamente importantes, pois estamos treinando a empresa licitada para que, junto com o Estado, implante os sistemas dentro da metodologia do Água Doce tanto no aspecto da obra, como na questão social e ambiental”, explicou o coordenador Nacional do PAD, Renato Ferreira.
O programa prioriza as regiões em situações mais críticas. Lugares com os menores índices de Desenvolvimento Humano (IDH), altos percentuais de mortalidade infantil, baixos índices pluviométricos e com dificuldades de acesso aos recursos hídricos serão os primeiros a serem contemplados. Assim como o Índice de Condição de Acesso à Água do Semiarido (ICAA), desenvolvido a partir do cruzamento dos mesmos indicadores.
Coordenado pelo MMA, o programa é uma ação do governo federal com o objetivo de estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para o consumo humano. Lançado em 2004, passou a integrar o Plano Brasil sem Miséria há dois anos e consiste na implantação e recuperação de aparelhos de dessalinização em áreas rurais de baixa renda do Semiárido. Abrange os nove estados do Nordeste e Minas Gerais e já beneficiou, até agora, mais de 100 mil pessoas.
Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA) – (61) 2028.1165

Links:
Conheça o Programa Água Doce em números

terça-feira, 7 de julho de 2015

Vídeo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade no Painel do Paim


O Instituto

altO Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é uma autarquia em regime especial. Criado dia 28 de agosto de 2007, pela Lei 11.516, o ICMBio é vinculado ao Ministério do Meio Ambiente e integra o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).
Cabe ao Instituto executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as UCs instituídas pela União.
Cabe a ele ainda fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção das Unidades de Conservação federais.
Saiba o que o Instituto Chico Mendes tem feito para preservar nosso patrimônio natural, assista NOSSO VIDEO.

Acesse o Vídeo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade >

 https://www.youtube.com/watch?v=SEFwGcJYbbg